A Portugal Telecom associou-se às principais organizações agrícolas portuguesas como parceiro tecnológico para a implementação de uma rede digital que responda às necessidades do sector e insiram o mundo rural na sociedade de informação.



Para isso, a empresa liderada por Henrique Granadeiro, a Associação dos Jovens Agricultores de Portugal, a Confederação dos Agricultores de Portugal, a Confederação Nacional da Agricultura e a Confagri criaram uma rede com 1,2 mil postos de recepção equipados com acessos ADSL que estarão disponíveis em 725 balcões distribuídos pelos 18 distritos do país.



As estimativas apontam que a rede seja utilizada por cerca de 230 mil agricultores que, através da plataforma, poder-se-ão candidatar aos apoios comunitários, avaliados em 800 milhões de euros.



A agilização dos processos relacionados com as candidaturas às Ajudas Comunitárias é um dos objectivos do programa que, de acordo com a PT deverá ainda aumentar a fiabilidade e eficiência do processo e de comunicação entre os diferentes intervenientes, assim como garantir o pagamento atempado das ajudas aos agricultores.



O investimento no projecto será de dois milhões de euros, pagos maioritariamente pelas confederações agrícolas, afirmou Rodrigo Costa, vice-presidente do Grupo PT.



Como parceiro tecnológico, a Portugal Telecom terá à sua responsabilidade os serviços de manutenção e gestão da rede durante os próximos três anos.



Por enquanto estão apenas disponíveis os postos de recepção de candidaturas de Viseu, Bragança, Vila Real e Braga. Os restantes balcões estarão operacionais entre o final deste mês e o início do próximo, assegurou fonte da PT ao TeK.




Notícias Relacionadas:

2007-03-26 - PT Comunicações repõe ofertas de chamadas gratuitas à noite
2007-01-26 - Simplex 2007 concentra esforços nas medidas de simplificação dos serviços ao cidadão

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.