A Apple e a operadora móvel norte-americana AT&T estão a ser processadas por promoverem o serviço de MMS no iPhone quando este ainda não se encontra disponível.



A notícia foi avançada pelo site MacNN, segundo o qual o processo contra a fabricante e a operadora decorre no tribunal de Lousiana (EUA) e conta com pelo menos 10 mil consumidores do lado da acusação.



De acordo com esta fonte, a Apple e a AT&T têm levado a cabo uma campanha publicitária promovendo o smartphone com MMS - uma das novidades da mais recente versão do software na base do equipamento -, através da imprensa, rádio, televisão e Internet, sabendo que a operadora em causa não suportava, nem à data de lançamento do telefone nem actualmentem, este tipo de serviço.


A única indicação relativa a esta incapacidade nos anúncios era referida de forma discreta, dizendo que o serviço seria disponibilizado late summer (no fim do verão), e apresentada num tamanho de letra reduzido.



A Apple reconhece que a rede da AT&T não permite o processamento de mensagens multimédia actualmente, mas afirma que o serviço deverá estar disponível em Setembro.


Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.