Em 2012, os irmãos italianos Vincenzo e Giacomo Barbato, ao perceberem que a Apple nunca tinha registado o nome do seu ex-CEO, decidiram criar uma marca de roupas com o nome de Steve Jobs, assim como um logótipo onde se destaca a letra J mordida.

A Apple decidiu processar a dupla, uma vez que a imagem do J estilizado seria muito ao estilo da icónica maçã da marca. No entanto, a gigante tecnológica perdeu a batalha nos tribunais, conforme indica o jornal italiano La Repubblica Napoli.

As autoridades judiciais entenderam que a letra J não é um elemento comestível e, por isso, não pode ser uma referência e/ou plágio do logótipo da empresa, pelo que, os irmãos Barbato não estariam a infringir a propriedade comercial da empresa norte-americana.

A empresa de Cupertino ainda não se pronunciou relativamente a esta decisão.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.