A Sage Portugal está a finalizar a aquisição de um novo software de gestão que complementa a sua oferta na área da construção civil e permite à empresa oferecer uma solução vertical nesta área.



Em conferência de imprensa, Jorge Carneiro, administrador delegado, explicou aos jornalistas que a empresa se mantém atenta a outros nichos de mercado onde poderá fazer aquisições para complementar o seu portfólio actual. São áreas especialmente observadas pela Sage a contabilidade, arquitectura ou a restauração, garante.



Recorde-se que a Sage defende uma estratégia de crescimento por aquisições que tem vindo a pôr em prática em Portugal e nos restantes países onde actua. Em território nacional já adquiriu a Infologia, a Saari e a Prosis e mais recentemente a SP Portugal.




Esta última foi a mais significativa das quatro aquisições e deverá levar a empresa a realinhar o seu canal de distribuição e vendas durante os próximos meses, isto embora a integração a nível operacional esteja praticamente concluída.



No que respeita à aquisição da solução para o mercado da construção civil (Orçam) Jorge Carneiro explica que a Sage vinha analisando o mercado para complementar a sua oferta nesta área, à semelhança do que fez noutros mercados.



A aquisição da solução da Cibermedia acaba por dar resposta a esta necessidade e contribuir para a angariação de 500 novos clientes, utilizadores da solução.



A Sage fechou o ano de 2004 com um volume de negócios de mil milhões de euros, num crescimento de 29 por cento face ao ano anterior. No que respeita aos resultados operacionais a empresa terminou 2004 com 327 milhões de euros num crescimento de 21 por cento.



Jorge Carneiro não forneceu quaisquer elementos financeiros sobre a operação portuguesa, limitando-se a adiantar que a performance portuguesa "está em linha" com os resultados internacionais.



Em Portugal as soluções Sage têm 68 mil utilizadores para cerca de 70 mil aplicações licenciadas. Recentemente a empresa reorganizou o negócio passando a dividi-lo em duas áreas distintas: new business e negócios de base instalada.



Notícias Relacionadas:

2003-10-24 - Sage alarga carteira de clientes na área de PMEs com aquisição do Grupo SP
2002-06-11 - Sage reforça presença no mercado da construção e obras públicas

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.