O processo judicial que opõe as duas empresas teve início em 2011. A primeira decisão foi favorável à Apple, que pedia uma indemnização de 2,5 mil milhões de dólares.

O juiz concedeu-lhe mil milhões, mas o valor não chegou a ser pago porque a Samsung recorreu e conseguiu reduzir a indemnização por violação de patentes para 548 milhões de dólares. A Apple não se conformou e voltou à justiça.  

O acordo que as duas empresas agora anunciam mantém o valor decidido pela justiça em maio deste ano, uma opção que a Apple pode ter sido levada a aceitar num momento em que algumas das patentes da fabricante envolvidas na disputa estão a ser reavaliadas e em que a Samsung anunciou a intenção de pedir um novo julgamento.

No acordo anunciado pelas duas partes a Samusng reserve o direito de no futuro poder vir a tentar recuperar o valor agora pago, ou parte dele. 

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.