A Sanyo está a estudar a venda da sua unidade de telemóveis. O negócio, com pouca expressão no mercado mundial, é uma das áreas onde a empresa opera com menor margem o que terá motivado a análise em curso e poderá conduzir à decisão de venda.



Avançada pela Reuters, a noticia já foi comentada pela fabricante japonesa que admite estar a ponderar várias hipóteses e admite vir a tomar decisões que possam contribuir para aumentar a eficiência e receita do grupo, mas adianta que ainda nada está decidido.



A agência garante, no entanto, que já existem negociações com potenciais interessados e cita nomes como a Kyocera ou a Sharp, com quem a Sanyo já terá mantido algumas conversas.



O negócio móvel da Sanyo sofreu no último trimestre uma redução de lucros na ordem dos 70 por cento, justificado pelo aumento do preço dos componentes e pelo ritmo lento das vendas de equipamentos.



Outros rumores que circulam no mercado apontam para a hipótese da empresa vir também a alienar a unidade de semicondutores, como parte do mesmo esforço de optimização dos resultados do grupo, uma informação que também não foi confirmada pela Sanyo.



Notícias Relacionadas:

2006-06-22 - Nokia e Sanyo interrompem negociações para joint-venture de equipamentos CDMA

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.