A recuperação tímida do mercado das TI já tinha sido antecipada pela Gartner e a IDC, mas a Forrester Research avança hoje com números mais optimistas para o investimento neste sector, e uma taxa de crescimento de 8,1%.

Os dados da consultora apontam para valores de 1,6 biliões de dólares de investimento global em produtos e serviços de tecnologia, depois de um ano de 2009 bastante cinzento, onde as quebras de 8,9% no investimento penalizaram os resultados das empresas de TI.

Mesmo com esta visão optimista, a Forrester admite que os números estarão abaixo dos registados em 2008 e em 2007, antes da crise económica que afectou os mercados financeiros e acabou por ter impacto global.

Entre os factores positivos para a recuperação estão a renovação das aplicações de software e do hardware que as empresas estão a planear, mas os analistas da Forrester avisam que o movimento será lento no início do ano, ganhando mais força no final de 2010.

A nível regional a Europa Ocidental e Central vai ser a zona de melhor desempenho, com um crescimento de 11,2% impulsionado pelo declínio do dólar face ao euro. Em oposição a Europa de Leste, o Médio Oriente e África têm uma taxa de crescimento mais reduzida, de 2,4%.

No final do ano passado a Gartner já tinha previsto um crescimento de 3,3% no investimento de TI, enquanto a IDC colocava as previsões um pouco abaixo, nos 3,2%, o que retomava o nível de investimentos nos mesmos valores de 2008, com gastos de 1,5 biliões de dólares.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.