A Siemens Networks, a Fundação para a Computação Científica Nacional e o Instituto de Telecomunicações juntaram-se num acordo de princípios para a partilha de meios, recursos e know-how, com o objectivo de contribuir para a construção da Sociedade do Conhecimento, informa um comunicado.



No âmbito do acordo, com duração de três anos e possibilidade de renovação, a Siemens passa a poder utilizar a infra-estrutura de fibra óptica da Rede Ciência, Tecnologia e Sociedade (RCTS), rede académica de alto desempenho gerida pela FCCN, para actividades de investigação e desenvolvimento.



Em troca a empresa alemã, que mantém em Portugal um laboratório nesta área, vai passar a comparticipar a rede e a trocar com a FCCN informação e experiências que possam ser úteis no desenvolvimento de novas aplicações na área das telecomunicações.



No comunicado, a Siemens explica que a parceria lhe permitirá aumentar os níveis de investigação conjunta entre centros de I&D nacionais e internacionais, desenvolver testes de tecnologia emergentes como o grid computing, optical networking e tripleplay network applications.



Fica também facilitado o teste de novos equipamentos, dispositivos e paradigmas de gestão de redes e a participação em novos projectos demonstradores nacionais e internacionais.



Notícias Relacionadas:

2005-06-23 - RCTS já oferece 10Gbits entre Lisboa e Porto

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.