Recuperando a ideia de uma feira de Tecnologias da Informação e Comunicação em Lisboa, a FIL vai avançar em Novembro com a organização do SITIC, o Salão Internacional de Tecnologias da Informação e Comunicação, para o qual conta com a parceria de uma série de associações e entidades ligadas ao sector. A feira, que se realiza entre 2 e 5 de Novembro, aposta na criação de valor para visitantes e empresas através da renovação do conceito destes certames mas também na redução dos custos efectivos para os expositores.

A SITIC vem ocupar um espaço deixado vago pela "morte" da COMTEC, a feira que desde 2003 reuniu a anterior Inforpor e Expotelecom num único certame, mas que acabou por ter uma vida curta, não se realizando já em 2005.

Embora sem revelar ainda o número nem o nome de expositores já assegurados para esta primeira edição, Vanda Jesus, Directora da Feira, adiantou em conferência de imprensa que os objectivos são de conseguir a presença de 250 empresas/entidades e de chegar aos 30 mil visitantes, números que são considerados razoáveis quando colocados em comparação com feiras internacionais do sector, entre as quais a SIMO de Madrid e a 3GSM World que se realiza em Barcelona.

Como pontos chave para a estratégia diferenciadora da feira, sobretudo face às anteriores edições de certames de tecnologia, Vanda Jesus destaca o investimento da FIL num modelo de aluguer de espaço e pacote de expositor mais barato, assim como a separação dos públicos profissional e consumidores e ainda a articulação de parcerias para a realização de manifestações paralelas.

A Directora da Feira confirmou em conferência de imprensa que o custo da presença na SITIC é cerca de 40 por cento mais baixo do que o aplicado a edições anteriores e confessou que esta é uma estratégia da FIL que passa pelo investimento no arranque da Feira. Marcos Carvalho Pereira, director-geral da FIL, confirma que nos primeiros anos a Feira não deverá trazer lucro mas que esta é uma aposta de continuidade já que a organização que dirige acredita que há espaço para um certame nesta área em Portugal.

e-Health e e-Segurança

A Saúde e a Segurança são dois dos temas base da primeira edição da SITIC, que terá sempre em pano de fundo o tema do e-Government, explicou Vanda Jesus em conferência de imprensa. Duas das entidades com presença já confirmada são a UMIC - Agência para a Sociedade do Conhecimento - e a UCMA - Unidade de Coordenação da Modernização Administrativa, devendo realizar-se em paralelo com a feira um grande evento ligado à Sociedade da Informação dos quais não foram ainda revelados os contornos.

A SITIC conta ainda com uma separação entre o público profissional e o consumidor, com horários de exposição diferenciados e o encerramento prévio da exposição dedicada aos profissionais, que não funcionará no domingo, dia 5 de Novembro.

Ainda na área de dinamização do negócio a FIL estabeleceu uma parceria com o ICEP para trazer à SITIC um conjunto escolhido de potenciais compradores e opinion-makers de vários mercados, com especial enfoque em Espanha, Brasil e PALOP's.

A internacionalização das empresas portuguesas do Sector das TIC será igualmente apoiado através de um concurso através do qual um júri irá seleccionar as empresas com produtos de maior potencial de sucesso internacional.

O certame contará ainda com a atribuição dos TIC Awards, prémios que pretendem destacar empresas, personalidades e produtos de excelência no sector e que serão atribuídos durante um jantar inaugural da Feira.

Notícias Relacionadas:

2006-07-28 - FIL recupera feira de tecnologias em Lisboa com SITIC

2005-06-08 - Certame suspende edição 2005 da COMTEC

2004-05-21 - COMTEC sucede à feira de tecnologias Inforpor/Expotelecom

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.