Já está disponível o primeiro software português de faturação para ponto de venda (POS) desenvolvido para iPad e certificado pela Autoridade Tributária. O produto, Tapinvoice, é comercializado pela Practicalproject que disponibiliza um pacote com software, hardware e serviços. A empresa está a posicionar o produto para cafés, pequenos restaurantes, tabacarias, talhos ou ourivesarias, exemplifica Abílio Magalhães, referindo as áreas de negócio dos primeiros clientes.



O pacote comercializado pela Practicalproject resulta de parcerias com a Epson e a JP - Inspiring Knowledge que trazem para uma mesma oferta um iPad, uma impressora, uma licença de software, formação, suporte técnico e espaço numa cloud durante um ano. O preço é de 979 euros.



Com esta combinação a empresa espera tirar partido da alteração das regras para a comunicação da faturação das empresas aos serviços do fisco. A alteração que entra em vigor já em janeiro de 2013 e tem como objetivo combater a economia paralela, impondo regras mais restritivas na comunicação de informação financeira aos serviços do Estado, uma alteração que vai visar sobretudo o pequeno comércio.



A software house do Porto ainda não adianta números de vendas e remete resultados para janeiro, mas admite expectativas elevadas para a nova oferta. "Estamos a instalar diariamente sistemas", diz Abílio Magalhães.



"Como está em curso uma das maiores operações de venda de sistemas POS, julgamos poder atingir um importante conjunto de clientes, na medida em que se trata de um dos sistemas mais económicos e o único em tablet".



A Practicalproject disponibiliza o seu software de faturação na App Store desde 2010. No início do ano a empresa decidiu reposicionar o negócio e trazer o software para o centro da operação.



Investiu numa solução POS para tirar partido da "maturidade do programa" de faturação e já tinha concluído o processo de certificação quando foram anunciadas as medidas de combate à evasão fiscal, garantindo algum avanço em relação à concorrência.



O pacote comercializado pode ser alterado no caso do potencial cliente já ter um iPad (o que garante um desconto de 414 euros na solução). O resto das componentes da oferta é obrigatório, como a impressora Epson, a única marca suportada pelo software.



A aposta em sistemas de faturação na nuvem tem vindo a ser feita por mais empresas portuguesas, como a Rupeal, que comercializa o InvoiceXpress (igualmente certificado pela AT) também já com uma versão para iPad.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Cristina A. Ferreira

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.