O novo investimento de serie B é liderado pela Verizon Ventures e conta com a participação de empresas como a Cisco Investments, Orange Digital Ventures e Yamaha Motor Ventures, que em troca de 22 milhões de dólares assumiram uma participação de capital não revelada na startup portuguesa.

Em comunicado, a startup explica que o novo financiamento vai permitir ampliar a plataforma desenvolvida pela empresa e expandir serviços e modelos de negócio associados à criação, gestão e exploração de redes Wi-FI de veículos tirando partido de frotas urbanas.

O Porto foi o laboratório de testes da Veniam e das suas tecnologias e é onde a startup hoje já assegura uma rede veicular com mais de 600 veículos ligados (transportes públicos), mas a intenção é chegar também às principais metrópoles mundiais: Londres, Barcelona, Singapura ou Nova Iorque são algumas das cidades no mapa da Veniam, que estará a fechar contratos em vários países neste momento, segundo a mesma nota de imprensa.

Leva na mala uma plataforma que junta software e hardware e que tira partido dos veículos que circulam nas cidades para expandir a cobertura Wi-Fi disponível e potenciar o desenvolvimento de novas aplicações.   

O novo investimento aumenta para 27 milhões de dólares, cerca de 24 milhões de euros, o valor do financiamento já recolhido pela Veniam junto de capitais de risco.

A Veniam nasceu de uma colaboração entre o Instituto de Telecomunicações, a Universidade de Aveiro e a Universidade do Porto.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.