No final do passado as operadoras de televisão por cabo detinham um total de 1,33 milhões de clientes, dos quais 72 mil foram angariados ao longo de 2003, num crescimento de 5,7 por cento face ao ano anterior.



Segundo dados apresentados pelo regulador das comunicações, Anacom, o ano terminou com 3,5 milhões de lares cablados. Em 2003 foram cabladas 127 mil novas casas, quase o dobro do número de novos clientes, representando um crescimento no total de casas cabladas da ordem dos 3,8 por cento.



O cruzamento de dados efectuados pela Anacom revela que apenas 38 por cento dos alojamentos cablados para receber o serviço acabam por contratualiza-lo, uma taxa mais elevada nas regiões autónomas dos Açores e Madeira onde a relação entre casas cabladas e contratualização do serviço é de 70 e 67 por cento, respectivamente.



Os dados apurados revelam igualmente que metade dos assinantes do serviço residem na região de Lisboa (678 mil clientes), embora o maior crescimento em número de clientes se tenha registado na Madeira, onde o volume de aderentes cresceu mais de 10 por cento, face a valores do ano anterior.



A região norte acumula o maior número de casas cablada, ao longo do ano passado, registando um aumento de 5,7 por cento face ao valor apurado nos doze meses anteriores.



A Anacom apurou ainda que no final do ano o serviço de televisão por satélite tinha 341 mil clientes, num crescimento de 18,2 por cento face ao ano anterior, o que se traduz a angariação de 52 mil novos assinantes.



Notícias Relacionadas:

2003-11-14 - Um quarto dos lares portugueses dispõe de televisão por cabo

2003-08-26 - Clientes de televisão por cabo chegam aos 1,3 milhões

2003-06-05 - Assinaturas de televisão por cabo crescem 10,4% no primeiro trimestre de

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.