No final do terceiro trimestre de 2004 28 por cento dos lares portugueses dispunham de televisão por cabo, o correspondente a 1,4 milhões de assinantes. O número representa 39 por cento dos alojamentos cablados no país que no mesmo período totalizavam 3,6 milhões de casas, o correspondente a 13 por cento da população.



Face ao mesmo trimestre do ano passado o número de subscritores apurado representa um crescimento de 3,8 por cento, o correspondente 133 mil casas.



À semelhança do registado em trimestre anteriores a Região Autónoma da Madeira apresentava a taxa de adesão mais elevada do país com 63 por cento das casas cabladas a receberem serviço.



Foi também nesta região que se registou o maior crescimento do trimestre, a par com a região do Porto. Na primeira a Anacom, que divulga os dados, apurou um crescimento de 2,5 por cento, enquanto na segunda o crescimento no trimestre foi de 6,4 por cento.



No período em análise foram adicionados à base de clientes de cabo 19 mil subscritores, num crescimento trimestral de 1,4 por cento. Face ao período homólogo a variação é também positiva com 79 mil novos subscritores.



Entre os novos clientes 371 mil recebiam serviço através da tecnologia Direct To Home (DTH), o que representa um crescimento de 3,8 por cento no número de clientes deste serviço.



Notícias Relacionadas:

2004-10-21 - Clientes de cabo aumentam 1,2% no segundo trimestre


2004-07-29 - Serviço de televisão por cabo atrai 21 mil novos assinantes no primeiro trimestre

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.