A Carris acaba de atribuir à Novabase a função de instalar o novo Sistema de Bilhética na sua rede de transportes públicos, um processo que deverá prolongar-se durante um ano. Trata-se de um contrato que envolve a quantia de 10,7 milhões de euros dos quais 9,6 milhões de euros correspondem ao fornecimento da tecnologia e os restantes 1,1 milhões de euros à manutenção, por dois anos, do sistema.



O projecto, administrado pelos Operadores de Transportes de Lisboa – que reúne todos os operadores de transportes urbanos da área metropolitana de Lisboa –, vai utilizar o cartão sem contacto "Lisboa Viva", uma tecnologia que tem vindo a ser colocada em prática por outras redes de transportes urbanos de outras cidades europeias.



Quanto à solução propriamente dita, inclui automação da rede de vendas para títulos magnéticos sem contacto, sistemas de validação a bordo dos veículos e um sistema integrado de gestão da informação subjacente à operação. O sistema está, neste momento a ser preparado para ser integrado na futura plataforma supra-operador que está a ser criada para a área metropolitana de Lisboa.



Notícias Relacionadas:

2001-02-07 - Bilhetes electrónicos com código de barras para telemóveis

2000-10-13 - IST desenvolve célula de combustível baseada em hidrogénio

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.