Face ao trimestre anterior, os valores agora divulgados mostram melhorias, mas se a comparação for anual a interpretação é negativa.

Entre outubro e dezembro a fabricante finlandesa registou receitas de 3,5 mil milhões de euros, num crescimento de 18% relativamente aos três meses anteriores, mas numa descida face a igual período de 2012.

De forma idêntica, os lucros operacionais de 408 milhões de euros mostram uma subida trimestral de 19% e uma queda anual de 39%.

Os resultados refletiram o desempenho da principal fonte de receita após a venda do negócio de dispositivos móveis à Microsoft - a unidade de equipamentos de rede, que registou 3,1 mil milhões de euros

O valor mostra uma subida de 20% entre trimestres e uma descida de 22% comparativamente ao mesmo período de 2012. O lucro operacional caiu 39% na comparação anual, mas cresceu 60% face ao trimestre anterior.

Numa linha referente aos negócios descontinuados, a Nokia revela que a unidade que está prestes a passar para as mãos da Microsoft registou vendas de 2,6 mil milhões de euros entre outubro e dezembro de 2013, mostrando descidas de respetivamente 5% e 29% em termos trimestrais e anuais.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.