A Yahoo! acaba de terminar o processo de aquisição do site de recrutamento profissional online HotJobs.com, o que significa que o portal verá agora as suas fontes de rendimento diversificadas, diminuindo a sua dependência da publicidade já que maioria das receitas do site adquirido provêm de taxas pagas pelos empregadores e recrutadores.




Segundo os termos do negócio, cada accionista da Hotjobs receberá em troca 0,3045 em acções da Yahoo! e 5,25 dólares (6 euros ou 1.200 escudos) em dinheiro pelas suas acções. Recorde-se que a crise da publicidade online afectou muito este portal, com as vendas referentes ao quarto trimestre de 2001 a descer 39 por cento em relação ao alcançado em mesmo período em 2000.



De acordo com o afirmado no passado mês de Novembro pelo chefe do executivo do portal Yahoo!, Terry Semel, pretendia-se conseguir 50 por cento de receitas provenientes da publicidade no total das vendas deste portal. Um objectivo que parece estar a ser alcançado já que em 2001 as receitas não provenientes de publicidade resultram numa quota de 25 por cento das vendas totais, enquanto que em 2000 foram de apenas 13 por cento.



Segundo os responsáveis da Yahoo!, esta estratégia de aquisição de outras empresas, líderes nos seus segmentos, deverá continuar - em particular daquelas definidas como "negócios de listas", onde se incluem os sites com anúncios pessoais e de emprego.



A empresa espera conseguir para este ano receitas entre os 750 milhões de dólares (858 milhões de euros ou 172 milhões de contos) e os 800 milhões de dólares (915,3 milhões de euros ou 183,5 milhões de contos), pouco mais do que alcançou em 2001, cerca de 717,4 milhões de dólares (820 milhões de euros ou 164,5 milhões de contos).



Notícias Relacionadas:

2001-12-28 - Yahoo! ganha disputa a Monster.com e adquire HotJobs

2001-12-26 - Disputa por HotJobs tem deadline para última oferta amanhã

2001-12-13 - Yahoo! apresenta licitação para adquirir site de recrutamento HotJobs

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.