A Yahoo terminou o último trimestre do ano 2006 com uma quebra nos lucros de 61 por cento, para resultados líquidos de 269 milhões de dólares. A descida é o resultado de despesas contraídas pela empresa com opções das acções e não reflecte a performance operacional no trimestre, que superou as estimativas dos analistas.



Neste período as receitas fixaram-se nos 1,7 mil milhões de dólares, num crescimento de 13 por cento. Para o primeiro trimestre deste ano as previsões são mais modestas e a Yahoo fornece como estimativa um valor entre os 1,12 e os 1,23 mil milhões de dólares.


Neste primeiro trimestre do ano a empresa poderá já colher os resultados da aposta num novo sistema de exploração publicitária, que promete intensificar a concorrência à rival Google. Esta actualização à plataforma publicitária da Yahoo vem sendo anunciada há já alguns meses e chegou a estar prevista para Outubro.



De acordo com informações ontem fornecidas pela empresa a nova plataforma, com o nome de código Panama, chega afinal aos Estados Unidos no próximo dia 5 de Fevereiro, depois de adiamentos na data de lançamento que serviram para ultimar detalhes de desenvolvimento.
Para o ano fiscal de 2007 as previsões da Yahoo estimam vendas entre os 4,95 e os 5,45 mil milhões de dólares.



Ao longo de todo o ano de 2006 a empresa apurou lucros de 751 milhões de dólares. A receita melhorou 22 por cento para 6,4 mil milhões de dólares.



Notícias Relacionadas:

2004-04-08 - Crescimento de receitas publicitárias justifica duplicação de lucros da Yahoo!

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.