A Yahoo está em fase de transição para a alçada da Verizon, a maior operadora norte-americana de comunicações móveis, um negócio que foi anunciado em julho de 2016 e que ficou avaliado em 4,83 mil milhões de dólares.

Os termos do acordo preveem a transação daquilo que é descrito como o “negócio operacional” da Yahoo para as mãos do novo proprietário, que, de acordo com o TechCrunch, procurou reduzir o valor da compra depois do ataque informático que atingiu os sistemas da Yahoo e que afetou as contas de milhões de utilizadores.

Assim sendo, o que sobra da “Yahoo original” serão uma participação de 15% na gigante chinesa do comércio eletrónico Alibaba e outra de 35,5% na Yahoo Japan. Estes ativos não fazem parte do negócio com a Verizon e vão subsistir sob o novo nome Altaba.

Esta nova entidade será liderada por cinco membros do atual conselho administrativo da empresa tecnológica, nomeadamente, Tor Braham, Eric Brandt, Catherine Friedman, Thomas McInerney e Jeffrey Smith. Contudo, entre eles não está a CEO Marissa Mayer, que, segundo a imprensa internacional, vai abdicar do seu cargo.

Contudo, é possível que a executiva seja integrada na unidade da Yahoo que fará parte da Verizon, embora não haja ainda qualquer tipo de confirmação neste sentido.

A mudança do nome da empresa é revelada num documento submetido à Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos, o que indica também que as negociações entre a Yahoo e a Verizon continuam a decorrer e podem estar perto da conclusão.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.