Novos dados da Anacom revelam que, em 2021, foram realizados cerca de 1,2 milhões de testes à velocidade dos acessos à Internet na plataforma Net.mede. O número representa uma diminuição de 14% em relação a 2020, que ficou marcado por um maior número de testes na sequência das medidas associadas à pandemia de COVID-19.

A entidade reguladora indica que 73% dos testes foram realizados em acessos fixos nacionais de clientes residenciais e 19% em acessos móveis. Já os restantes testes tiverem origem em acessos identificados como não residenciais (7%), associados a operadores estrangeiros (0,1%) ou indefinidos (2%).

De acordo com a Anacom, metade dos testes realizados em 2021 atingiram, no download, pelo menos 79 Mbps nos acessos fixos residenciais e 10 Mbps nos acessos móveis. No upload, os resultados foram de 44 Mbps ou mais nos acessos fixos residenciais e 5 Mbps ou mais nos acessos móveis

Olhando para os acessos fixos, a Área Metropolitana de Lisboa apresentou os melhores resultados medianos de download (93 Mbps). No upload, o melhor resultado verificou-se na Região Autónoma da Madeira (56 Mbps). O Alentejo registou os valores mais baixos no download (67 Mbps) e o Algarve os valores mais baixos no upload (41 Mbps).

Clique nas imagens para mais detalhes

Já nos acessos móveis, a Região Autónoma dos Açores apresentou o melhor resultado mediano no download (15 Mbps). Segue-se a Área Metropolitana de Lisboa, o Alentejo e a Região Autónoma da Madeira, entre 10 e 11 Mbps cada.

Por outro lado, o Algarve registou o valor mais baixo no download (8 Mbps). No upload, os valores mais altos foram registados na Região Autónoma dos Açores (9 Mbps) e os mais baixos no Algarve (5 Mbps).

O período da tarde afirmou-se como o momento preferencial para realizar testes, sobretudo entre as 15h e as 22h. A tendência é resultado da alteração do padrão de consumo de Internet, que se começou a verificar com a pandemia de COVID-19.

As regiões da Área Metropolitana de Lisboa e Norte registaram o maior número de testes em acessos fixos e as regiões Norte e Centro em acessos móveis. Lisboa destaca-se como o concelho com o maior número de testes em acessos fixos residenciais e móveis 2021. Já Sintra foi o segundo concelho com mais testes em acessos fixos residenciais e Abrantes em acessos móveis.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.