O acordo entre o Governo e os operadores de telecomunicações para o investimento em redes de nova geração vai ser assinado em Janeiro, altura em que o executivo deverá anunciar a antecipação das metas a que se tinha proposto quando definiu as orientações para o sector.

Até ao final do ano as duas partes deverão reunir pelo menos mais uma vez, segundo apurou o Jornal de Negócios, tentando chegar a acordo quanto aos valores de investimento privado.

As redes de nova geração foram consideradas pelo Governo como uma área estratégica de investimento para 2009. Para garantir o seu desenvolvimento, o Estado reservou uma determinada verba, como aconteceu para áreas como a energia, educação e exportações, contudo, o valor é significativamente menor.

No total, o Governo planeia gastar um máximo de 50 milhões de euros com estas infra-estruturas durante o próximo ano, um valor que será todo disponibilizado através de incentivos ao investimento e à promoção da utilização doméstica e institucional das redes. Ambas as vertentes do apoio previsto são consideradas enquanto despesa fiscal.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.