A Portugal Telecom anunciou o fim da marca TMN no final de janeiro. Vinte e dois anos depois de ser lançada a TMN deu lugar ao MEO, num processo que foi preparado ao longo dos últimos dois anos e que se tornou visível para o consumidor a partir da data em que a decisão foi oficialmente anunciada.



Durante o último mês a PT tem substituído a marca TMN pela marca MEO em todos os suportes e canais de comunicação. Na base da estratégia de unificação das marcas está a integração dos diversos serviços prestados ao utilizador, que se apresentam de forma cada vez mais complementar como atestam produtos como o M4O.



Um dos passos previstos no processo de transição entre marcas é a transferência dos direitos de utilização das frequências geridas pela TMN e que dão suporte à oferta de serviços móveis da empresa para a MEO.



A alteração foi aprovada por deliberação no passado dia 6 de março pela Anacom, conforme revelou ontem o regulador numa nota publicada no seu site.



A MEO herdou da TMN mais de 7,8 milhões de clientes de serviços móveis de voz e dados, um universo de utilizadores que garante ao grupo a liderança do mercado a nível nacional.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.