A qualidade do serviço de Televisão Digital Terrestre melhorou, nos dois principais parâmetros avaliados: disponibilidade e estabilidade do serviço. Os dados são da Anacom e referem-se a 2020 mas foram divulgados só agora, num relatório publicado pelo regulador.

As conclusões da Anacom, que se refere ao estado da TDT no continente, mostram que o serviço de TDT registou um valor médio de disponibilidade de 99,6%, ao longo do ano, e uma estabilidade igualmente elevada. O melhor dia do ano foi 8 de novembro, com uma disponibilidade de 100%, o pior 4 de fevereiro, com 98,2%.

“Em contraste com os estudos anteriores, há evidência de uma melhoria em ambos os indicadores avaliados face ao ano anterior, contrariando uma tendência de degradação que vinha persistindo”, refere uma nota sobre o estudo.

Processo de migração do TDT fica hoje concluído no território continental
Processo de migração do TDT fica hoje concluído no território continental
Ver artigo

“O tratamento dos dados permitiu ainda observar uma melhoria e convergência dos valores de disponibilidade de serviço entre o litoral e o interior, resultando numa homogeneização territorial deste parâmetro de análise”, acrescenta-se.

No ano em análise a cobertura do sinal de TDT foi reformulada, com a migração para uma rede multifrequência, que substituiu a rede de frequência única a emitir no canal 56. Os dados recolhidos pela Anacom para este relatório permitem concluir que a alteração teve um impacto positivo nos parâmetros avaliados, na maioria dos pontos monitorizados.

A análise à qualidade do serviço de TDT tem por base os diversos parâmetros técnicos processados a partir de mais de 60 milhões de observações, feitas a partir de uma rede com centenas de sondas, que se distribuem pelo território nacional para monitorizar a qualidade do sinal da TDT.

A rede em questão permite também acautelar e antecipar eventuais problemas na receção do sinal da TDT, operada pela MEO. Na imagem abaixo pode ver-se a distribuição territorial das sondas que monitorizam o funcionamento da rede de Televisão Digital Terrestre.

No final do ano passado, a rede de difusão terrestre do sinal de TDT atingia uma cobertura de cerca de 92,5% da população. O resto dos portugueses eram servidos por DTH, para garantir que qualquer pessoa tivesse acesso a serviços de TV em sinal aberto.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.