A ANACOM partilhou novos dados relativos ao tráfego de comunicações eletrónicas, referentes à semana de 29 de março, destacando a diminuição face à semana anterior. Ainda assim, está muito acima do período de utilização normal, antes do registo do primeiro caso de coronavírus em Portugal.

Segundo a reguladora, estima-se que o tráfego de voz caiu cerca de 9%, enquanto que os dados baixou 11%. Mas no geral, a voz continua 34% superior ao período antes da pandemia ter chegado a Portugal e os dados 35%. Mantêm-se, no entanto, as alterações nos padrões de utilização dos serviços de comunicações eletrónicas avançadas na semana passada, com um crescimento de tráfego de voz fixa em mais 96%, contrastando com uma redução verificada em anos anteriores (em 2019 desceu 15%). O tráfego de banda larga fixa cresceu 46% e nos móveis de mais 20%.

tek anacom

A reguladora refere ainda que houve um aumento do número de testes feitos pelos consumidores para verificar a velocidade do acesso à internet, através do Net.mede. Entre janeiro e 29 de março, o número médio diário de testes à velocidade feitos na aplicação, via browser triplicou, sobretudo depois de 12 de março, que corresponde ao dia seguinte da declaração da pandemia pela OMS.

Foram efetuados cerca de 4.500 testes, quando a média diária era de 1.500/2.000 verificações. Nos acessos móveis a subida foi de 300 para mil testes diários. A maioria dos testes eram realizados entre as 18-22 horas até ao dia 11 de março, mas passou a ser mais homogéneo ao longo do dia durante o isolamento.

tek net-mede

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.