A loja de aplicações da TMN está no ar. A empresa não revela para já quantas aplicações soma e também não diz qual a proporção entre aplicações de acesso gratuito a aplicações de acesso pago, embora adiante que "há um equilíbrio" entre estas duas componentes da oferta.

Entre as "centenas de aplicações" disponíveis, "compatíveis com a maior parte dos modelos de telemóvel incluídos no portfólio da TMN", não estão ainda aplicações desenvolvidas localmente e recebidas directamente pela operadora, que há alguns meses abriu um desafio aos programadores portugueses de aplicações para ambientes Windows Mobile.

As aplicações recebidas por essa via estão ainda em fase de certificação, adianta a operadora, e deverão ser disponibilizadas a breve prazo. Quando ficarem disponíveis serão integradas nas várias categorias que organizam a oferta, onde se incluem áreas como saúde, desporto, redes sociais, adultos, fun, entre outras.

Uma curiosidade é a ligeira alteração de posicionamento da loja desde a data em que foi apresentada originalmente pela TMN e a data do lançamento efectivo, esta semana.

O foco nas aplicações para Windows Mobile que marcaram o passo do primeiro anúncio dilui-se e o objectivo agora é, como garante a empresa, chegar "a breve trecho a aplicações compatíveis com praticamente todas as plataformas existentes no mercado".

São exemplos citados pela TMN o Android ou o Blackberry, ambas com lojas globais já disponíveis, a que os utilizadores dos terminais suportados nesse software podem aceder.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.