O asteroide foi descoberto pelos cientistas em outubro de 2013 e batizado como TX68. A informação apurada pela NASA até à data indica que a rocha terá um diâmetro máximo de 30 metros.

Estima-se que a sua passagem pela Terra se faça a uma distância na ordem dos 5 milhões de quilómetros, mas em cima da mesa estão outras possibilidades. Os cientistas acreditam que o TX68 pode aproximar-se mais do planeta azul e ficar “apenas” a 24 mil quilómetros da Terra, o que embora muito mais próximo, continua a ser uma distância de segurança.

A diferença entre distâncias possíveis explica-se pelo facto dos cientistas terem poucos dados sobre o TX68, que além de só ter sido descoberto nos últimos meses de 2013, dias antes de passar pela Terra, entretanto deu a volta ao sol voltou a deixar de estar visível para observação.

O escasso período de observação dificulta o cálculo da rota, mas os dados disponíveis conseguem ainda assim assegurar que durante os próximos 100 anos o asteroide não chocará com a Terra.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.