O memorando hoje assinado entre o Governo e os principais operadores de telecomunicações para as Redes de Nova geração prevê a concessão de um benefício fiscal para os clientes que aderirem aos futuros serviços.

Os valores de plafond ainda não estão definidos, nem sequer se entrarão em vigor ainda em 2009, mas prevê-se que o incentivo fiscal funcione de forma idêntica ao benefício introduzido pela primeira vez em 1998 relativamente à aquisição de computador e de material informático.

Com a medida, que integra o plano de investimento para o sector, dado a conhecer no mês passado, o Governo pretende acelerar a adesão aos novos serviços, voltou a referir o Primeiro-ministro, José Sócrates, durante a cerimónia de assinatura do memorando de entendimento com as operadoras.

Nota da Redacção [18:04]: A notícia foi actualizada com mais informação

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.