O Brasil vai começar a testar um modelo de Internet gratuita que assenta no conceito de "tarifação invertida", ou seja, é pago pelo fornecedor de acesso à Internet.

Ser atendido num call center, fazer compras ou realizar operações bancárias são algumas das ações previstas no sistema que o governo brasileiro pretende adotar, apresentado como "uma espécie de 0800 digital", referiu Paulo Bernardo, ministro das Comunicações, citado pela imprensa local.

O responsável político acrescentou que o projeto tem vindo a ser discutido entre o Ministério das Comunicações, o Comité Gestor da Internet (CGI.br) e a Agência Nacional de Telecomunicações (ANATEL) e deve começar a ser testado a partir de março, na região de Varjão (Brasília).

"Queremos desenvolver uma ligação de internet onde a pessoa entra para fazer uma reclamação, é atendida num call center, faz compras e realiza operações bancárias sem ter de pagar pela ligação".

Os sites a incluir no novo sistema ainda estão a ser definidos. Está também a ser estudada a possibilidade de serem criados domínios de Internet específicos, como 0800.gov.br ou 0800.com.br, para "alojarem" o serviço.

Refira-se que a denominação "0800" é feita em alusão ao sistema telefónico gratuito existente no Brasil.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Patrícia Calé

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.