A British Telecom anunciou que vai reentrar no mercado móvel, com uma oferta desenhada a pensar nas famílias. Dois anos depois de ter feito o spin off da sua filial móvel mmO2, o operador histórico inglês volta a fornecer serviços móveis para compensar a diminuição de receitas no mercado de telefonia fixa, anunciou ontem em comunicado.



Com lançamento previsto para a próxima semana, o serviço Mobile Home Plan (MHP) foi ontem apresentado ao mercado. Concebido a pensar nos clientes BT de telefonia fixa, o MHP visa também angariar novos clientes a operadores concorrentes. Entre os principais atractivos do novo produto contam-se a possibilidade de efectuar chamadas gratuitas para casa (com duração inferior a dois minutos) e a preços mais baratos para os membros da família, também assinantes do produto, entre outros descontos.



Os serviços serão fornecidos através da rede da T-Online Internacional, filial da Deutsche Telekom, para o negócio móvel. A operadora prevê angariar 100 mil novos clientes, ainda este ano, através do Mobile Home Plan e cerca de um milhão, até 2005. Nessa altura, a facturação estimada é de 400 milhões de euros, com o fornecimento de serviços móveis.



A British Telecom mantinha experiências piloto neste domínio desde Outubro do ano passado, altura em que admitiu estar a estudar novos serviços. Há já alguns meses avançou com o serviço online Mobile Sense, através do qual vendia terminais móveis para posterior fornecimento de serviços de telecomunicações, utilizando a plataforma da O2, que anteriormente suportava os serviços do seu operador móvel Mmo2.



Notícias Relacionadas:

2002-04-10 - BT volta a investir em iniciativas de mobilidade

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.