A Cabovisão queixou-se formalmente junto da Autoridade da Concorrência contra a Zon, alegando abuso de posição dominante nos conteúdos.

A queixa data de Agosto e reúne, segundo Jules Grenier, vice-presidente da empresa em Portugal, em declarações ao Jornal de Negócios, um conjunto de provas contra a actuação da Zon no mercado de televisão por subscrição.

A Cabovisão considera que existe uma excessiva integração horizontal e vertical, "impedindo que os clientes de outros operadores de televisão por subscrição tenham condições competitivas, nomeadamente ao nível das promoções da SportTv e dos TVCine, canais com conteúdos importantes para os subscritores e que estão nas mãos da Zon".

O Jornal de Negócios refere que a Cabovisão apresentou queixa contra os preços de revenda dos canais SportTV e TVCine, assim como as obrigações estabelecidas para outros operadores terem esses canais, como o pagamento sobre um mínimo de subscritores, acima do número de clientes da Cabovisão.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.