O governo chinês ordenou que as operadoras móveis não aceitassem novos clientes durante o mês de Agosto. O objectivo é assegurar que as redes estarão em pleno funcionamento e não serão sobrecarregadas com a utilização excessiva de telemóveis ao longo dos Jogos Olímpicos em Pequim.



A notícia avançada pela Associated Press é confirmada por um empregado da China Telecom que, em declarações à mesma fonte, referiu que "as redes não vão voltar a ser alteradas para que se mantenham estáveis durante os Jogos Olímpicos".



A suspensão alarga-se ainda a novos clientes de ligações à Internet e junta-se a medidas mais abrangentes do mesmo governo, que passam pelo encerramento de fábricas e controlo do tráfego nas estradas. A meta é tornar o evento bem sucedido, dando prestígio ao governo comunista.



Este entrave vai impedir que os operadores alarguem a sua base de clientes que, mensalmente, aumenta em 9 milhões de novos subscritores mas, segundo o regulador das telecomunicações chinês, não vai afectar os mais de 500 milhões de consumidores de serviços móveis existentes.



As restrições afectarão não só Pequim como algumas regiões circundantes onde sejam realizados eventos olímpicos.



Notícias Relacionadas:

2008-04-01 - China pressionada para garantir acesso livre à Internet nos Jogos Olímpicos

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.