Já ouvimos falar das penalizações para os condutores dos impedimentos nas escolas, mas proibir cidadãos de escreverem SMS enquanto circulam na rua é capaz de ser inédito. A notícia vem do outro lado do Atlântico, mais precisamente de Fort Lee, nos Estados Unidos.

Nesta cidade norte-americana, os "aventureiros" que se lembrem de atravessar a rua enquanto usam os seus telemóveis para trocar mensagens escritas habilitam-se ao pagamento de 54 dólares de multa.

A medida está a merecer reações de descontentamento por parte dos transeuntes, contudo desvalorizadas pelas autoridades locais, que explicam que a questão não é bem como a maior parte dos média a têm descrito.

Em declarações ao portal 11alive, o chefe do Departamento de Polícia de Fort Lee salienta que a multa só é aplicada aos "adeptos" do chamado jaywalking - peões que atravessam a rua fora dos sítios indicados para tal.

A decisão pretende funcionar como uma medida de prevenção, face ao número de acidentes registados desde início do ano naquela cidade envolvendo peões, entre eles alguns atropelamentos fatais.

Andar de telemóvel na mão enquanto se caminha - seja para escrever mensagens ou para aceder às redes sociais - é um ato cada vez mais comum. Um estudo feito por investigadores da Universidade de Stony Brook, por exemplo, aponta para que 60% dos peões troque SMS.

Com probabilidade de registar consequências mais graves é o mesmo ato ao volante, e aqui os resultados de uma análise divulgada o mês passado dão conta de que quase metade dos europeus lê SMS enquanto conduz.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Patrícia Calé

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.