"A verdadeira situação em matéria de concorrência no negócio de banda larga
é a do claro domínio por parte das grandes operadoras", denunciava o
comissário europeu para a concorrência Mario Monti, numa carta dirigida há
alguns meses a Erkki Liikanen, o comissário europeu das telecomunicações,
segundo o noticiado pelo Financial Times.



Monti acrescentava que, passados dois anos do início da
libelarização do sector das telecomunicações na Europa, a maior parte do
mercado Internet se encontra nas mãos dos antigos monopólios telefónicos, em
referência a operadoras como a France Telecom, Deutsche Telekom, a British Telecom ou a Portugal Telecom.



A correspondência trocada entre Monti e Liikanen, e agora em parte
revelada pelo diário britânico, reflecte uma troca de acusações entre os dois
comissários sobre a responsabilização daquilo que ambos consideram um travão à
liberalização do sector das telecomunicações, especialmente no que diz
respeito ao negócio da banda larga.



Os pequenos operadores de acesso de alta velocidade à Internet já
referiram por várias ocasiões que não conseguem concorrer com a capacidade
financeira e técnica de empresas como a British Telecom ou a Deutsche
Telekom. No último estudo sobre banda larga, a Comissão Europeia concluiu que apenas quatro por cento das 187 operadoras telefónicas existentes na Europa oferecem serviços de acesso deste tipo à Web.



Monti solicitava a Liikanen que tomasse medidas para obrigar as
operadoras a reduzir os preços que facturam às suas rivais pelo uso da
infra-estrutura e linhas. Por sua vez Liikanen pedia a Monti que actuasse
contra as operadoras que considere que prejudicam a concorrência.

Notícias Relacionadas:
2003-02-12 - Comissão Europeia quer análise para novo enquadramento legal das telecomunicações
2001-11-30 - Liberalização das Telecomunicações europeias continua lenta

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.