A explosão solar de classe X1.6 terá acontecido esta quarta-feira, numa "região" do sol direcionada à Terra.

Os cientistas esperam que a CME (Coronal Mass Ejection) - uma onda de matéria e radiação eletromagnética - provocada possa atingir o planeta entre quinta e sexta-feira.

Embora sejam poderosas fontes de radiação, as explosões solares não têm a capacidade de penetrar a atmosfera terrestre e afetar quem circula pela Terra, embora as mais intensas possam chegar ao nível onde atuam sistemas de posicionamento geográfico como o GPS, produzindo interferências.

Têm sido várias as explosões solares registadas este ano. A mais intensa ocorreu em fevereiro. Pode revê-las na galeria abaixo.

Há também um vídeo a documentar o fenómeno.






Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.