Mantendo a tendência da semana passada, e ao fim de duas semanas após o fim do Estado de Emergência, o regresso gradual ao trabalho fez aumentar o número de chamadas telefónicas e o tráfego de dados fixos, segundo dados da Anacom. Já o tráfego de dados móveis e das encomendas registaram uma queda face ao período anterior, num registo entre 11 a 17 de maio.

O tráfego de voz diminuiu 4% face à semana anterior, mas por outro lado o de dados cresceu 2%. O crescimento dos dados foi alavancado sobretudo pelo tráfego fixo, que registou um aumento de 2%, depois de três semanas consecutivas em queda. Por outro lado, o tráfego de dados móveis caiu 4%. No que diz respeito ao tráfego de voz, no móvel houve uma queda de 4%, registando-se uma diminuição mais acentuada na voz fixa, de 6%.

Fazendo uma comparação com o período pré-COVID-19, o tráfego de dados ainda se encontra 50% acima, com 95% dos dados fixos a representar a sua utilização. O tráfego de voz foi 18% superior ao registado na semana anterior à declaração da pandemia do coronavírus. Ainda assim, a voz móvel representa 88% do total do tráfego de voz.

A Anacom refere ainda que o número de acessos em local fixo tem crescido, registando um aumento de 0,7% em comparação ao período anterior à pandemia, mas os acessos móveis caíram entre 0,1% e 2,5%, mediante o tipo de acesso.

Por fim, destaca ainda uma quebra no tráfego das encomendas postais de 3%, ainda que se encontre 24% face ao período anterior à pandemia.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.