A indústria mundial de hotspots wireless (através da tecnologia Wi-Fi) pode vir a sofrer uma crise idêntica à das chamadas dotcoms, se entretanto a
sua tecnologia não se massificar. Esta a principal conclusão de um estudo
recente da empresa norte-americana Forward Concepts sobre a matéria.

Intitulado "Wi-Fi Hotspot Opportunities: Exploiting the New Phenomenon", o relatório conclui que, a não ser que os hotspots tenham uma boa aceitação comercial entre os utilizadores, a sua queda pode vir a ser grande, ao nível do que aconteceu com o eCommerce na viragem do milénio, com o entusiasmo dos vendedores a superar em muito a aceitação do público. Assim sendo, o sucesso desta tecnologia vai depender muito dos locais onde ela for estrategicamente instalada, de forma a que consiga cativar novos clientes.

O estudo divulgou ainda algumas previsões sobre o crescimento de hotspots
wireless
na Europa, referindo que 800 mil hotspots serão construídos neste continente até 2007. Quanto aos EUA, a Forward Concepts calcula, que até ao final deste ano serão criadas 46 mil novas ligações e que em 2004 se sentirá um forte abrandamento no volume de instalações. A recuperação surgirá em 2005, e até 2007 existirão cerca de 530 mil hotspots na América do Norte.

Já na Ásia as previsões mais pessimistas apontam para a existência de mais de um milhão de hotspots nesta região até 2007, enquanto as análises mais optimistas indicam que nessa altura estarão em funcionamento mais de 4 milhões de pontos de acesso à Internet através da tecnologia Wi-Fi.

Em termos de receitas, a empresa espera que nos EUA estas cheguem aos 8 mil
milhões de dólares até 2007, com cerca de 15 mil dólares por hotspot. Estes números forçam a uma reavaliação por parte das empresas prestadores desse serviço uma vez que, a confirmarem-se estas previsões, as margens de lucro serão muito curtas, colocando a rentabilidade do negócio muito dependente dos custos das suas infra-estruturas.

Notícias Relacionadas:
2003-03-10 - Europa com mais de 30 mil hotspots até 2007
2003-02-11 - Mercado europeu de hotspots cresce acentuadamente em
2002

2002-07-10 - Cisco instala hotspots de redes locais sem fios em
aeroportos europeus

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.