Os projectos de Redes de Nova Geração (RNGs) em zonas rurais não vão ser afectados com as medidas de combate ao défice, garantiu ao Jornal de Negócios o Ministério das Obras Públicas, Transportes e Comunicações. Os projectos devem continuar conforme está programado, apesar dos concursos para os Açores e a Madeira não estarem ainda finalizados.

O executivo fez das redes de banda larga uma das prioridades para o desenvolvimento da economia e apesar dos cortes que estão a ser feitos em vários projectos o das Redes de Nova Geração devem continuar, mantendo o seu carácter de inclusão ao garantir a implementação das infra-estruturas abertas em zonas onde se considera que os operadores teriam pouco interesse em investir directamente.

Para cobrir estas zonas fora dos grandes centros urbanos o Governo lançou no ano passado cinco concursos para seleccionar as empresas que deveriam instalar, gerir, explorar e manter estas redes nas zonas Norte, Centro, Alentejo e Algarve, Açores e Madeira.

Os três concursos relativos aos territórios identificados no Continente foram concluídos e adjudicados, estando agora em curso a fase prévia à celebração dos contratos, adiantou o ministério à mesma fonte.

Recorde-se que os vencedores destes concursos foram a DST Telecom – que se associou à Sonaecom - a implementação de fibra óptica nas regiões Norte e Sul do país, e a Viatel, do Grupo Visabeira, que vai instalar redes de banda larga na região Centro.

Quanto aos dois concursos para a Madeira e Açores, lançados em Julho de 2009, ainda estão a decorrer, estando próximos da conclusão.

Para além do investimento privado que as empresas têm de fazer nestes projectos, estão também envolvidos fundos públicos. O executivo calcula que a instalação de uma rede de telecomunicações de nova geração nas regiões Norte, Centro e Sul do país vai saldar-se num investimento público e privado de 156,5 milhões de euros.

O Governo deverá desembolsar 89,7 milhões de euros, suportando 56 por cento dos custos da instalação da infra-estrutura de fibra, recorrendo a um apoio 50 milhões de euros da União

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.