A Intel e a Alcatel anunciaram uma parceria para a comercialização de equipamentos compatíveis com a tecnologia de acesso à Internet WiMax. Segundo as empresas os primeiros equipamentos deverão chegar ao mercado em meados de 2005, antecipando em cerca de um ano os planos anteriormente divulgados pela Intel, que tem trabalhado no desenvolvimento da tecnologia.



O WiMax é uma tecnologia wireless e por isso com custos bastante inferiores ao DSL ou cabo, que carece de infra-estruturas físicas em toda a área de cobertura do serviço, ao contrário do WiMax que permite cobrir as últimas 30 milhas até casa do cliente com tecnologia sem fios.



Os equipamentos da Alcatel são baseados em chips da Intel que estarão disponíveis na segunda metade deste ano, escreve a C|Net. Recorrendo ao standard 802.16d, desenvolvido para ligações de alta velocidade entre antenas wireless, esta tecnologia permite ligar de forma directa as antenas WiMax melhorando a sua comunicação e permitindo uma velocidade de transmissão de dados de 70 megabits por segundo.



O standard que servirá de base aos chips fabricados pela Intel - que encara o WiMax como um complemento ao wi-fi - foi aprovado no início do ano passado com os esforços de um fórum constituído por 67 empresas, interessadas no desenvolvimento da tecnologia.



A Intel anunciou os timings de fabrico para os chips WiMax em Janeiro, reafirmando a sua expectativa em torno da tecnologia que considera com enorme potencial de crescimento nos próximos cinco anos. Nessa altura a fabricante contava que a instalação de antenas equipadas com os seus chips se iniciasse na primeira metade de 2005, para que a venda de equipamentos acontecesse apenas no início de 2006. A parceria com a Alcatel adiantou as datas em calendário em cerca de um ano.



Notícias Relacionadas:

2004-01-22 - Banda larga wireless pode trazer mais 5 mil milhões de utilizadores para a Internet

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.