O cabo continua a ser a forma mais comum de acesso a serviços pagos de televisão, logo seguido pelo satélite. O primeiro regista uma quota de 70 por cento, contra uma quota de 24,5 por cento dos serviços de satélite. Os números divulgados pela Anacom revelam no entanto a expressão ganha pelos novos serviços de IPTV e FWA, fornecidos pela PT, através do Meo, pela Sonaecom, como a SmarTV e pela Ar Telecom.

Somados, os três serviços já são preferidos para 118 mil subscritores, o que corresponde a uma quota de 5,5 por cento na televisão de acesso pago, que actualmente soma 2,1 milhões de clientes. É na região de Lisboa que se regista um índice mais elevado de preferência pelos serviços de IPTV, que nesta região do país representam 7,8 por cento das subscrições. Em termos nacionais a tecnologia cresceu 5,1 por cento face aos três primeiros meses do ano.

A zona da capital continua no entanto a ser dominada pelos serviços de cabo, que exercem domínio idêntico na Madeira. O satélite é a primeira opção na região centro, Alentejo e Açores, com 45 por cento do mercado.

A ZON Multimédia mantém a liderança do mercado de TV por subscrição, com 74,3 por cento dos assinantes, seguida pela Cabovisão que gere 14 por cento dos clientes de cabo. A PTC com o serviço Meo, que está disponível através da IPTV e do satélite, já conseguiu angariar 5,4 por cento do mercado.

No segundo trimestre do ano, período a que se referem os números apurados pela Anacom, o número de casas cabladas aumentou, mas o número de assinantes de serviços TV por subscrição manteve-se estável no que se refere ao trimestre anterior. Relativamente ao mesmo período do ano passado regista-se um crescimento, que se traduz na angariação de 42 mil novos clientes.

Dos mais de 2 milhões de clientes da TV paga 31 por cento já goza de serviços digitais. Quase metade está em Lisboa.

Notícias Relacionadas:
2008-08-07 - Meo já representa 17,4% dos clientes ADSL da PT

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.