A Altice Portugal e a Cisco estão a mostrar no Mobile World Congress, em colaboração com a Janz, uma prova de conceito de uma solução de telemetria de água, baseada em IoT.

A solução assenta no sistema Ultra IoT da Cisco, que assegura a comutação de dados móveis, através do ambiente de virtualização StarOS. Está pronto para 5G e funciona com os novos protocolos de rede móvel para a Internet das Coisas, nomeadamente o NarrowBand-IoT (NB-IoT), sendo ainda complementado pelo módulo eSCEF que permite a exposição de serviços com gestão de APIs, refere a Altice.

Luis Alvarinho, CTO da Altice Portugal, explica ao SAPO TEK que o investimento da empresa na Internet das Coisas já faz parte da estratégia. "A Altice Portugal, líder de mercado no setor das comunicações em Portugal, é uma das organizações que mais investe em tecnologia no país e vem há muito a explorar todas as oportunidades abertas pela IoT, ancorada num ecossistema de infraestruturas, redes, tecnologias, plataformas, serviços, produtos, soluções, parcerias. E, ainda, os melhores recursos humanos, com o know-how e o talento que a tecnologia de vanguarda exige", refere.

A solução de telemetria de água desenvolvida visa testar eficazmente as capacidades de baixo consumo das baterias dos equipamentos sob o NB-IoT, que viabiliza o aumento de vida útil dos equipamentos. Isto porque este género de soluções exigem equipamentos com uma bateria capaz de suportar elevada autonomia (vários anos), muitas vezes instalados em locais de difícil acesso com necessidades de cobertura alargada.

Vários outros casos de estudo na área da IoT, como a medição de gás e eletricidade, o estacionamento inteligente, o rastreamento de ativos e animais ou a segurança das pessoas, beneficiam da tecnologia NB-IoT, exemplifica-se.

De acordo com a Altice, o objetivo é seguir “em articulação com a Cisco” no que ao desenvolvimento de serviços de IoT diz respeito, “consciente de que este é um dos drivers fundamentais do investimento em Tecnologias de Informação em todo o mundo”, refere.

"O MoU agora celebrado com a Cisco reafirma, soluções laboratoriais poderão evoluir para cenários de negócio reais. Comunidades de developers, academia, startups têm aqui uma oportunidade para a criação das suas soluções, a materialização das suas ideias. Este tipo de sinergias beneficia, ainda, a criação de emprego, imprimindo crescimento à economia do país. E este é um contributo de que a Altice Portugal se orgulha de dar ao país", sublinha.

Recorde-se que a Altice inaugurou recentemente o Golabs.IoT,  um laboratório criado com o objetivo de potenciar a criação de produtos e serviços nesta área.

Este foi mais um anúncio da operadora para Portugal a partir de Barcelona, depois de ter dado a conhecer um acordo de entendimento com a Huawei, neste caso visando as redes 5G.

O SAPO TEK está a acompanhar de perto todas as novidades do MWC, com notícias sobre as apresentações e a exposição, mas também sobre as empresas portuguesas que estão em Barcelona e que somam uma dúzia de expositores.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.