A Nokia anunciou a compra do Twango, um pequeno site de partilha de fotos e vídeos online. A fabricante europeia não adianta os termos financeiros do acordo mas, em comunicado, frisa a importância que o negócio tem na sua nova estratégia: o alargamento das fontes de receitas através da entrada no mercado de serviços na Internet.



O serviço online foi fundado em 2004 por cinco ex-membros da Microsoft e actualmente conta com apenas 10 colaboradores. De há um ano a esta parte, a Nokia tem vindo a aproximar-se do Twango, mostrando interesse na oferta do canal.



Ao contrário de outros serviços apoiados em modelos de negócio semelhantes, como o Flickr ou o YouTube, o Twango trabalha com uma vasta gama de meios, incluindo fotos, vídeo e áudio.



Serena Glover, uma das co-fundadoras do canal, refere que a união com a Nokia permitirá elevar a oferta do serviço a níveis que seriam impensáveis de atingir sozinhos. Tudo porque, a fabricante finlandesa, planeia incorporar a oferta nos seus telemóveis para facilitar a partilha de conteúdos entre dois telemóveis e com a Internet.



Por enquanto os utilizadores podem aceder ao serviço de forma gratuita, o que não deverá acontecer depois de o negócio ser completamente integrado com o da Nokia, isto porque a companhia pretende adicionar elementos adicionais aos que já são oferecidos pela plataforma.



Actualmente, a empresa europeia já possui acordos com o Flickr e com o Vox, um serviço de blogs tutelado pela Six Apart. São negócios como estes que a Nokia quer continuar a fomentar de forma a potenciar a proximidade com o cliente enquanto aumenta as suas fontes de receitas.



Desde que assumiu o controlo da empresa em 2006, Olli-Pekka Kallasvuo tem tentado aumentar as estratégias de negócio da Nokia. Um dos elementos prioritários do responsável tem sido a aquisição de outras empresas, entre as quais a Loudeve, por 60 milhões de dólares, a gate5, responsável pela criação de software de navegação, entre outras.



Paralelamente, no mês passado, o presidente da Nokia indicou que será criada uma nova divisão na empresa centrada nas oportunidades de crescimento em serviços relacionados com a Internet. Este departamento deverá abrir as portas a 1 de Janeiro, altura em que o negócio da fabricante estará dividido em três áreas: dispositivos moveis, serviços e software e divisão de mercados (responsável pelas vendas e marketing da empresa).




Notícias Relacionadas:

2006-08-31 - Nokia adquire empresa de software de navegação

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.