(Actualizada)A Nokia está a promover um programa de troca de carregadores para telemóveis, que foram fabricados por um fornecedor externo entre Abril e Outubro deste ano. Um defeito de fabrico expõe os utilizadores a choques eléctricos.

A fabricante não adianta o número de carregadores envolvido neste programa de troca, mas a avaliar pelos seus volumes de vendas este deve ser elevado, até porque envolve três modelos diferentes, com datas de fabrico entre Abril e Outubro deste ano. De acordo com uma notícia da Associated Press, o número poderá superar as 14 mihões de unidades, confirmou um porta-voz da companhia.

Segundo a empresa finlandesa, os utilizadores de carregadores AC-3E e AC-3U, assim como AC-4U, devem evitar a utilização dos equipamentos e trocá-los a todos de forma gratuita, mesmo que não parecem danificados.

Os carregadores foram fabricados pela BYD e uma avaliação da qualidade encontrou defeitos nos invólucros de plástico, que poderiam degradar-se e abrir, "expondo os componentes internos do carregador e originando uma potencial descarga eléctrica caso se tocasse em determinados componentes internos enquanto o carregador estivesse ligado a uma tomada".

Nota da Redacção: A notícia foi actualizada com o número de carregadores a substituir que foi entretanto adiantado por um porta-voz da empresa.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.