Juan Costa, Ministro da Ciência e Tecnologia espanhol, confirmou ontem durante a apresentação de lançamento do UMTS no país que a oferta comercial dos serviços se irá iniciar na segunda metade de 2004, como era já esperado. O ministro revelou ainda que o acordo com as operadoras para a partilha de infra-estruturas, introduzida com a revisão dos acordos, permitiu uma redução de 30 por cento dos valores inicialmente previstos de investimento total.


Nos próximos 10 anos, a Telefónica, Vodafone, Xfera e Amena, detentoras de licenças de terceira geração, investirão 6,3 mil milhões de euros em rede e infra-estrutura, concentrando-se a maioria destes investimentos nos primeiros cinco anos. O valor total dos investimentos das operadoras para os próximos 10 anos (que inclui infra-estruturas e outros custos relacionados com recursos humanos e gestão de serviços) deverá cifrar-se nos 10 mil milhões de euros.




Há cerca de duas semanas atrás, o ministro revelava, segundo a publicação IBL News, que as quatro operadoras licenciadas investiram mais de 1.000 milhões de euros nos últimos anos, havendo um compromisso de investimento de 2,3 mil milhões num prazo de dois anos e 4,5 nos posteriores cinco.



Segundo o ministro, a principal concessão feita pelo seu departamento às operadoras nesta reformulação de compromisso entre as partes é a modificação do calendário "para ter em conta a realidade do atraso da disponibilização da tecnologia e dos terminais".



Para oferecer serviços de terceira geração móvel, as quatro operadoras com licença UMTS instalaram 2.000 novas antenas, um parque que, segundo o acordado com o Ministério da Ciência e Tecnologia, num prazo de dois anos deverá aumentar para 8.700. Este número deverá crescer para as 18 mil estações-base e cinco anos e ao fim de uma década atingir um total de 21.500.



O Ministério de Juan Costa prevê para o final de 2004 uma cobertura nacional de 45 por cento da população. Passados dois anos, o UMTS deverá chegar a 70 por cento dos espanhóis "num dos maiores níveis de cobertura de toda a Europa".



Notícias Relacionadas:

2004-02-06 - Operadoras espanholas de UMTS investem 4,5 mil milhões de euros na rede

2001-09-07 - Operadores europeus juntam-se para partilhar custos de infraestrutura UTMS

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.