(corrigida)

A crescente importância dos serviços de dados nas redes móveis justifica uma nova corrida pela primazia do lançamento do serviço de banda larga de terceira geração, suportado em tecnologia HSDPA e conhecido por 3,5G. As três operadoras móveis nacionais disputam-se para serem os primeiros no lançamento comercial, fazendo pré lançamentos e pré anúncios de disponibilização da tecnologia com o objectivo de capturem os early adopters que querem garantir maior velocidade na comunicação de dados em mobilidade.

A Optimus e a Vodafone comunicaram ontem o início da comercialização dos seus serviços Kanguru Xpress e Mobile Connect Card, respectivamente, enquanto a TMN anunciou para amanhã a disponibilização das placas Option Globe Trotter HSDPA nas lojas, confirmando a data anteriormente prevista. Numa primeira fase a comercialização dos novos serviços é limitada a clientes empresariais na Optimus, enquanto a Vodafone e a TMN abrem já a sua utilização a clientes residenciais. A cobertura garantida pelas três operadoras é ainda muito reduzida, concentrando-se sobretudo nas principais cidades, embora em alternativa os clientes possam sempre comunicar sobre 3G (onde estiver disponível) ou GPRS.

Todas as operadoras tinham já realizado testes sobre tecnologia HSDPA, sendo os primeiros garantidos pela Optimus na Madeira ainda em meados de 2005. A operadora móvel da Sonaecom adapta agora o seu Kanguru a uma maior velocidade de comunicação de dados, passando de 384 Kbps para perto de 1,8 Mbps, mas a mensalidade do serviço também sobre 39,90 euros, já com tráfego incluído.

Optimus mais competitiva

A nova placa necessária para aceder em 3,5G com o Kanguru Xpress custa 149,90 euros, com fidelização de um ano, tendo sido adiantado ao TeK que os clientes que quiserem fazer o upgrade do Kanguru para o novo serviço vão ter "condições muito especiais", embora sem confirmação de que condições serão essas.

A Vodafone, que realiza esta manhã uma conferência de imprensa de apresentação do 3,5 G, comunicou também ontem o lançamento comercial do Vodafone Mobile Connect Card 3G Banda Larga, que já tinha sido disponibilizado em Março a um conjunto restrito de clientes (veja Notícias Relacionadas), ao mesmo tempo que as placas estavam já disponíveis nas lojas para aquisição, embora limitadas ao acesso 3G até ontem.

A operadora refere o sucesso dos testes realizados junto de clientes particulares e empresariais durante o mês de Março, adiantando ainda que durante esta segunda fase de desenvolvimento do HSDPA na sua rede a velocidade poderá ultrapassar os 1,8 Mbps actuais e chegar aos 3,6 Mbps, embora nessa altura os clientes tenham de adquirir novas placas que suportem este upgrade de velocidade.

A placa da Vodafone tem um preço base de 249 euros, custando 199,9 euros para os clientes que quiserem fazer um contrato de permanência por 12 meses e zero euros para um contrato a 24 meses. Como condições especiais para o upgrade das anteriores placas 3G a Vodafone oferece um desconto de 50 euros na aquisição da nova placa. Os planos tarifários a aplicar são o 3G Banda Larga 1GB e 3G Banda Larga 4GB, com mensalidade promocionais de 39,9 e 59,9 euros, respectivamente, até 30 de Junho. Após esta data as mensalidades aplicadas serão de 49,9 e 74,9 euros, caso a empresa não opte por manter a promoção.

A TMN coloca nas lojas de Lisboa a partir de amanhã a placa de dados Option Globe Trotter HSDPA, que pode ser adquirida por 199,90 euros mediante uma fidelização à rede TMN por doze meses, no caso dos clientes residenciais. A TMN adianta porém que estas condições fazem parte de uma campanha de lançamento que se prolongará até ao fim de Junho de 2006, mas sem referir quais os valores a praticar posteriormente.

Para os clientes empresariais a TMN cobra 1 euro na quisição da placa face a uma vinculação de 24 meses ao tarifário 5G ou de 60,5 euros com vinculação por 24 meses ao tarifário 1G.

A oferta da Optimus é a mais competitiva no preço em termos de mensalidade. O Kanguru Express tem uma mensalidade de 39,9 euros, igualada pela TMN e Vodafone durante o período promocional. Porém, a TMN e a Vodafone acrescentam uma limitação em termos de consumo de tráfego no 1GByte, enquanto a Optimus não faz qualquer restrição, tornando a sua oferta de facto mais barata.

Cobertura limitada

Apesar deste lançamento, a cobertura de rede para o HSDPA é ainda limitada. A Optimus garante cobrir todo o arquipélago da Madeira e o Continente de Santarém para Baixo. Já a Vodafone afirma ter cobertura nas cidades de Lisboa, Cascais, Oeiras, Funchal, Ponta Delgada e principais zonas urbanas do Algarve. Para Junho está prevista a chegada da tecnologia ao Porto, Braga, Coimbra, Aveiro, Leiria, Setúbal, Beja, Évora e Portalegre, sendo todas as zonas urbanas do continente e ilhas cobertas até final do ano.

A TMN garante actualmente cobertura na cidade de Lisboa, afirmando em comunicado que se segue a Região Autónoma da Madeira, devendo avançar, até ao fim do mês de Abril, para o Porto. Até ao fim do segundo trimestre as cidades de Braga, Viana do Castelo, Vila Real, Bragança e Ponta Delgada, entre outras, estarão também cobertas, diz a operadora do grupo PT. Já no segundo semestre estão contempladas as zonas de Angra do Heroísmo; Beja; Castelo Branco; Coimbra; Covilhã; Évora; Faro; Guarda; Horta Portalegre; Leiria; Santarém; Setúbal e Viseu.

Em termos de roaming só a Vodafone avança já acordos através das operadoras do mesmo grupo na Alemanha, Áustria e ainda em Abril na África Sul com a Vodacom.

Nota de Redacção: [2006-04-06 16:11] A notícia foi corrigida em algumas referências relativas à oferta da Vodafone, nomeadamente esclarecendo que a oferta desta operadora não se limita a clientes empresariais, estando já disponível para utilizadores residenciais, na referência à necessidade de upgrade das placas permitir o acesso previsto em 3,6Mbps, e no preço da mensalidade. De facto o valor das mensalidades da Vodafone para as ofertas de 1 e 4 GBytes estava correcto (49,9 e 74,9 euros) mas não integrava o desconto de 20 por cento que a operadora vai praticar até final de Junho, o que equipara o preço ao da TMN e Optimus.

[2006-04-07 13:25] A notícia foi novamente actualizada para contemplar os valores da oferta empresarial da TMN. Foi igualmente retirada a comparação entre os valores das placas dado a oferta da Optimus ser apenas dirigida ao mercado empresarial, onde também a TMN e a Vodafone praticam condições especiais que diferem dos preços de venda a público das placas nas lojas.

Notícias Relacionadas:

2006-03-17 - TMN agenda para Abril lançamento da tecnologia móvel HSDPA

2006-03-11 - Mobile Connect Card acelera para 1,8 Mbps mas só para alguns clientes

2005-11-10 - Vodafone realiza primeira chamada de dados em redes 3,5G

2005-08-29 - UMTS ultrapassa os 30 milhões de utilizadores em todo o mundo
2005-06-01 - Optimus testa HSDPA na Madeira

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.