Apesar da taxa de penetração móvel se situar nos 111,5 por cento o número de utilizadores de telemóveis não pára de aumentar em Portugal. De acordo com os números da Anacom, agora revelados, no final do segundo trimestre existiam 11,738 milhões de clientes, numa subida de 1,6 por cento em relação aos valores do final de Março.

A autoridade reguladora do mercado das telecomunicações indica ainda que para o crescimento registado entre Abril e Junho contribuiu positivamente o aumento de clientes com planos de assinatura, que representam já 19,6 por cento de todos os clientes de serviços móveis. Os clientes com cartões pré-pagos continuam a ser a esmagadora maioria, representando mais de 80 por cento de todos os registos.

Também o número de chamadas continua a aumentar, subindo 3,9 por cento em relação ao trimestre anterior, totalizando mais de 1,64 milhões. Porém, o número de ligações da rede fixa para a móvel baixou 0,4 por cento, mantendo uma baixa representatividade nas chamadas realizadas.

A redução das chamadas da rede fixa para a móvel foi mais significativa, com uma quebra de 1,7 por cento face ao trimestre anterior mas de 8,4 por cento em relação ao mesmo período do ano passado.

As chamadas dentro da mesma rede são ainda o grosso das ligações, quer realizadas quer recebidas, com 67,3 e 66,5 por cento, respectivamente.

De acordo com o comunicado da Anacom, a duração média das chamadas originadas manteve-se nos 112 segundos, sendo a duração média das chamadas internacionais mais elevada, com 159 segundos no caso das chamadas originadas nas redes móveis e 181 segundos no caso das chamadas terminadas.

Em média cada assinantes de serviços móveis realizou 47 chamadas mensais, 31 das quais para a rede do operador de origem. O número médio de mensagens enviadas por assinante passou para 88, contra 75 no trimestre anterior.

Este crescimento reflectiu-se no total de SMS trocados entre clientes, com um crescimento de 18,2 por cento face ao trimestre anterior, mas de 334 por cento perante o período homólogo. A Anacom nota que "para este desempenho contribuiu a adesão dos clientes às diversas campanhas promocionais desencadeadas pelos operadores móveis".

Para este período não são ainda contabilizados os clientes de redes de terceira geração nem os assinantes de serviços móveis de dados mas a Anacom estabeleceu já as regras para que a partir do final do próximo trimestre as empresas passem a fornecer também essa informação.

Notícias Relacionadas:

2006-06-22 - Operadores móveis disponibilizam simuladores de preço em todos os pontos de venda
2006-06-02 - Taxa de penetração móvel aproxima-se dos 110%

2006-03-08 - Taxa de penetração móvel continua a aumentar

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.