A Ryanair permite a partir de hoje, 6 de fevereiro, a utilização de aparelhos eletrónicos em todas as fases da viagem, desde que estejam configurados em modo de voo. As novas regras aplicam-se a todos os voos da companhia irlandesa, que está em vias de reforçar a presença no mercado português.

Sendo uma das companhias de viagens low-cost mais conhecidas do mundo, a empresa tem apostado em pequenas alterações que aumentem os níveis de satisfação dos clientes. Depois da implementação de lugares atribuídos, segue-se a permissão para o uso de vários aparelhos eletrónicos em todas as fases do voo: smartphones, tablets, leitores de livros digitais e leitores de música, por exemplo.

A Ryanair tem planos para abrir mais uma base de operações em Portugal: será na cidade de Lisboa e deverá estar operacional ainda durante o mês de abril.

Em Portugal também a TAP já permite o uso de equipamentos durante todas as fases de voo.

A decisão destas duas companhias áereas e de outras na Europa acontece alguns meses depois de a Agência Europeia para a Segurança da Aviação (EASA) ter aprovado o uso de equipamentos eletrónicos em todas as fases de voos realizados na Europa.

A Comissão Europeia também já aprovou um conjunto de novas regras que permite às companhias aéreas decidir se permitem o uso de serviços de telecomunicações com base em 3G ou 4G nas fases de voo acima dos 3.000 metros.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.