A afirmação foi feita durante o debate o Estado da Nação que encerra o 23º Congresso da APDC e reflete um dos principais temas em cima da mesa: o investimento em infraestruturas e a intervenção do regulador.

Depois de Mário Vaz, CEO da Vodafone Portugal, ter voltado a destacar o investimento da empresa em rede de fibra para ligar mais 1,5 milhões de clientes, Zeinal Bava deu os parabéns à empresa pelo investimento, reafirmando que isso é positivo para o país. ”Parabéns à Vodafone pelo investimento que anunciou que mostra que não precisa de partilhar a fibra”, afirmou.

Mesmo depois de destacar a sua preocupação com a rentabilidade do sector e com o impacto que a perda de receitas pode ter na capacidade de investimento, Zeinal Bava voltou a destacar a importância da regulação e sobretudo da previsibilidade. “Se fossem criadas condições de previsibilidade regulatória ligaríamos mais um milhão de casas”, afirmou.

“Não podemos ir falar com os acionistas para investir na fibra para a Vodafone surfar nela” explicou o CEO da PT. “A rede é nossa, é dos nossos clientes, custou muito a fazer, andámos 5 anos a investir 20 a 25% das receitas nela”, destacou Zeinal Bava.

Já antes o CEO da PT tinha destacado que não há barreiras à entrada no mercado da rede fixa, que não há obstáculos no acesso às condutas e que isso permitiu à Vodafone instalar a sua rede de fibra praticamente no mesmo tempo que a PT demorou a construir a sua.

Mário Vaz, CEO da Vodafone, já tinha detalhado o investimento que a empresa está a fazer na fibra e que assinala uma mudança de etapa em que as empresas eram de rede fixa ou móvel. “O mercado pode estar descansado porque tal como fizemos no móvel a Vodafone está a disputar e a ser desafiador no duopólio [na rede fixa]. Ultrapassámos os 100 mil clientes de TV, e em menos de 8 meses duplicámos a base de clientes”, explicou.

“Nunca dissemos que precisávamos do acesso à fibra da PT”, afirmou ainda Mário Vaz, lembrando que teve até uma infraestrutura em associação “com uma empresa que agora tem 6 semanas”. Afirmando que a Vodafone sempre quis investir, o CEO da empresa afirmou que está agora a investir 200 milhões de euros em fibra, em cima do que faz todos os anos, e que já chega a 629 mil casas com a sua rede.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.