A Siemens e a subsidiária de cabo da Time Warner anunciaram ontem que estão a testar uma nova tecnologia de convergência que permite integrar banda larga, com serviços de rede móvel e WiFi. Na base dos testes estão um conjunto de novas normas desenvolvidas pela Siemens e designadas por IMS ou Internet Protocol Multimedia Subsystem, que permitem oferecer ao cliente acesso à Internet suportado por diferentes tipos de rede, consoante a sua localização e necessidades.



"Ao invés de ser limitar nas capacidades devido a questões relacionadas com a arquitectura de rede, a IMS promete um novo mundo de oportunidades para os operadores de banda larga", defende Mike LaJoie, CTO da Time Warner Cable.



Entre as situações demonstradas pelas empresas, e citadas pela imprensa internacional, estão a possibilidade de um jogador no PC interagir com um jogador que usa uma aplicação a partir do seu telemóvel; ou um telemóvel dual band que permite trocar entre rede móvel e rede WiFi.



Para já as empresas não revelam planos para a comercialização de produtos baseados na tecnologia mas Christian Unterberger, presidente da Siemens Communications para a área das redes fixas, reconhece que "as pedras basilares estão lançadas e vão permitir remover os obstáculos criados pela fragmentação nos domínios das redes, protocolos e dispositivos".



A Siemens não é a única a trabalhar em tecnologias de convergência para a rede fixa. O exemplo mais conhecido na Europa de outra iniciativa do género está no Reino Unido e é coordenado pela British Telecom que baseia o seu BT Fusion (ver notícias relacionadas) na tecnologia UMA - Unlicensed mobile access.



Notícias Relacionadas:

2005-06-15 - BT Fusion da British Telecom coloca no terreno convergência fixo/móvel

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.