A SonaeCom vai assegurar a infra-estrutura WI-Fi em 19 centros comerciais da Sonae Imobiliária, depois de ter vencido um concurso aberto pela empresa e que envolveu a participação dos concorrentes PT WI-FI, Vodafone e Hotspot Portugal. O serviço arrancou hoje, quinta-feira, em 10 dos 19 espaços previstos e dirige-se a um público potencial de 9,9 milhões de visitantes.



Para já as empresas não avançam estimativas relativamente ao número de utilizadores previstos, referindo apenas que entre os 180 milhões de visitantes anuais da totalidade dos seus centros comercias, 9,9 milhões serão potenciais utilizadores.



O acesso ao serviço é apenas possível para clientes Optimus, Clix ou Novis até que estejam fechados acordos de roaming com as restantes operadoras presentes no mercado, explicou Miguel Figueiredo, director de marketing do Clix, em conferência de imprensa. Até lá, um utilizador que não seja cliente de nenhuma das três empresas do grupo pode contornar a situação, criando uma conta de email gratuita, através do Clix ou da Novis e usar os dados de registo para aceder à rede, que dispõe de um débito de 1 MB.



Os dados de acesso, para os clientes das três empresas são os utilizados para aceder ao serviço de email ou, no caso da Optimus, senhas a que o utilizador pode ter acesso através do envio de um SMS para um número específico.



Até final de Setembro o acesso à rede WI-FI nos centros comerciais cobertos é gratuito, sendo ainda desconhecido o modelo de tarifação a utilizar depois desse período. Miguel Figueiredo explicou que as empresas vão aproveitar a fase inicial da operação para estudar os tipos de utilização do serviço, para posteriormente definir o modelo de tarifação mais adequado.



A rede está também disponível para os lojistas dos vários centros, que a Sonae considera terem agora um acesso facilitado à plataforma online de apoio às lojas (Sonaeshopping), utilizada por 90 por cento das entidades presentes nos seus espaços comerciais. Findo o período promocional os lojistas terão condições especiais de acesso ao serviço e apoio a outros níveis, garante Reis Carmo, responsável pela área de New Business da Sonae Imobiliária, sem adiantar mais pormenores.



Fazem parte dos 10 centros com cobertura WI-FI já disponível o Colombo, Vasco da Gama, CascaisShopping, CoimbraShopping, NorteShoppnig, GaiaShopping, Arrábidashopping, AlgarveShopping, ViaCatarina e GuimarãesShopping. A zona de cobertura, neste e nos próximos espaços é a área de restauração.



Reis Carmo explicou a escolha do prestador de serviço (SonaeCom) com algumas características que, garante, valorizaram o projecto face às propostas concorrentes como a possibilidade de acesso gratuito aos sites da Sonae Imobiliária, destacou.



Durante o encontro o responsável do Clix presente sublinhou que a prazo as empresas devem expandir o serviço a zonas onde faça sentido complementar a rede, como aeroporto, exemplificou. De sublinhar que a SonaeCom foi a última das empresas de telecomunicações nacionais a avançar com uma oferta de Internet WI-FI, depois de ter considerado a possibilidade de não entrar sequer no mercado.



Miguel Figueiredo falou também no negócio de ADSL do Clix, actualmente com acesso vedado à entrada de novos clientes, como forma de protesto ao modelo de negócio grossista. Segundo ele, o Clix não tem intenções de abrir mão dos clientes angariados antes deste período de "luto", nem planos para abandonar em definitivo o negócio, à semelhança do que fez a Media Capital esta semana.



Notícias Relacionadas:

2004-06-29 - Oni avança com serviço Wi-Fi utilizando rede de hotspots da Vodafone


2004-06-03 - Optimus avança com oferta WI-FI no espaço de um mês

2003-12-05 - PT avança com estratégia transversal para o Wi-Fi

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.