No final de setembro 95,1% dos portugueses eram utilizadores de serviços de telefonia móvel, mas a taxa de penetração era muito superior: há em média 112 telemóveis por cada 100 habitantes, números que se explicam pelos utilizadores que têm mais do que um número e que também incluem os valores do segmento empresarial.

Os dados são revelados pela ANACOM no seu mais recente relatório sobre serviços de telefonia móvel. Mas o destaque dos valores do terceiro trimestre vai para a queda continua dos tarifários pré-pagos de telecomunicações: já ‘só’ representam 51% do mercado.

Em comunicado a Autoridade Reguladora das Comunicações lembra que há dez anos o valor era de 81%. Em comparação com o terceiro trimestre de 2014 houve uma quebra de 8% nos tarifários pré-pagos. Isto porque as modas agora são outras.

“Continuou a registar-se a migração de assinantes de planos pré-pagos para os planos combinados/híbridos e para os planos pós-pagos, nomeadamente aqueles que se encontram associados a ofertas multiple play”, escreve o regulador em comunicado. Os tarifáros pós-pagos representam agora 25,1% do mercado e as ofertas combinadas 25,7%.

O Meo é o operador de serviços de telefonia móvel com maior quota, representando 44,3% dos cartões ativos com utilização efetiva, seguido da Vodafone com 33,5% e da NOS com uma quota de 20,6%.

A ANACOM destaca ainda que o número de SMS enviados pelos portugueses caiu 10,6% no espaço de um ano, sendo que o número médio mensal de mensagens enviadas por utilizador foi de 237 SMS, cerca de oito mensagens por dia. “O tráfego de SMS tem sofrido uma redução significativa devido ao aparecimento de formas de comunicação alternativas”, acrescenta o regulador. Recorda-se que os serviços over the top, como o WhatsApp, Skype ou Viber, têm gerado um mal-estar no mercado português de telecomunicações.

No final do terceiro trimestre o número de o número de cartões SIM ativos era de 16,7 milhões unidades, das quais 12,8 milhões foram efetivamente utilizados.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.