No dia 29 de Abril, data de arranque para a emissão de Televisão Digital Terrestre, a PT garante que está em condições de levar o serviço a mais de 10 localidades. A primeira oferta a arrancar é a que dá acesso aos canais gratuitos.

O processo relativo ao lançamento da oferta de canais pagos acabou por sofrer vários atrasos com a impugnação dos resultados do concurso pelo concorrente derrotado, a AirPlus TV.

Ontem num jantar da Associação Portuguesa das Comunicações, onde foi orador principal, Zeinal Bava, presidente da PT, admitiu que os atrasos no processo tiveram impacto na estratégia da PT para esta área, que está agora a ser repensada. Promete mais detalhes para a data de lançamento do serviço de acesso gratuito, escreve a Lusa.

O responsável considerou ainda que 2009 é o ano da fibra. Sublinhou a importância de ser rapidamente conhecido o enquadramento regulatório, mas também elogiou as acções do regulador, que na usa opinião tem demonstrado coragem quando avança com dossiers sobre novas tecnologias, ainda pouco explorados por outros operadores.

Zeinal Bava também referiu que a PT está disponível para colaborar com outros operadores na fibra e deu o exemplo da assinatura do acordo com o Estado, aquele que assegura às empresas o acesso a condições especiais de financiamento para o desenvolvimento do projecto.

"As empresas têm de ser apoiadas e não podem ser penalizadas por serem ambiciosas", disse o mesmo responsável, citado pelo Jornal de Negócios.

Saiba mais sobre a TDT na Sugestão TeK: Tudo o que precisa de saber sobre a Televisão Digital Terrestre

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.